quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Valor do dolar para emissão de JRP e passagem aérea

Câmbio de emissão para utilizar em 21/02/2018
 Passagem aérea
 Japan rail pass
3,2507
3,43

Sindicato da JR East planeja primeira greve da instituição pós-privatização

JR East

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão comunicou hoje (21) que o maior sindicato da JR East planeja começar uma greve no mês que vem.

Caso o sindicato siga com o plano essa será a primeira greve desde à privatização da JR East no começo dos anos 2000. A greve está planejada para o dia 2 de março em parte de Tóquio e Chiba.

Segundo o Ministério do Trabalho japonês o sindicato estaria insatisfeito com a não realização de atividades de aperfeiçoamento e treinamento profissional de condutores, maquinista e mecânicos, que são obrigações da JR com os seus funcionários.

A greve não deve provocar a paralisação dos trens ou a modificação no horário de funcionamento.
Fonte: IPC Digital

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Tabela de preços do Japan Rail Pass - JRP - passe de trem japonês

JRP - Tabela com valores em DOLAR
Comum Green
Tipo Adulto Criança Tipo Adulto Criança
07 dias US$285 US$143 07 dias US$381 US$191
14 dias US$455 US$227 14 dias US$617 US$309
21 dias US$582 US$291 21 dias US$803 US$401
OBS.: Os valores estão sujeitos a possíveis alterações sem prévio aviso.

-----------------------------------o----------------------------------
JRP - Tabela com valores em YEN
Comum Green
Tipo Adulto Criança Tipo Adulto Criança
07 dias ¥29.110 ¥14.550 07 dias ¥38.880 ¥19.440
14 dias ¥46.390 ¥23.190 14 dias ¥62.950 ¥31.470
21 dias ¥59.350 ¥29.670 21 dias ¥81.870 ¥40.930
OBS.: Os valores estão sujeitos a possíveis alterações sem prévio aviso.
Contato para emissão de Japan Rail Pass (JRP)
Tel 11 3101-8193 ou 3106-2780
E-mail: contato@japanrailpass.com.br

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Trem exclusivo para ciclistas inicia operações entre Tóquio e Chiba

Um trem convencional foi remodelado para o novo serviço, incluindo a instalação de uma estrutura perto dos assentos para que os passageiros acomodem suas bicicletas
O trem B.B Base – Boso Bicycle Base – permite aos passageiros trazerem suas bicicletas a bordo sem ter que desmontá-las ou dobrá-las
 Um ciclista não precisou se preocupar com sua bicicleta atrapalhando outros passageiros no sábado (6) enquanto ele embarcava em uma novidade de final de semana oferecida pela East Japan Railway Co – JR East.

O trem, que conecta Tóquio com a Península de Boso, a qual forma grande parte da província de Chiba, é oferecido exclusivamente para ciclistas

“Em trens convencionais, eu tenho que prestar atenção para que a minha bicicleta não atrapalhe outros passageiros”, disse o ciclista de 32 anos, funcionário de empresa em Sagamihara (Kanagawa). “Mas neste trem posso relaxar e desfrutar de uma viagem confortável”.

A Península de Boso é considerada como local conveniente para ciclismo porque as ruas são geralmente planas e o clima é ameno.



Bicicletas a bordo do trem sem ter que desmontá-las ou dobrá-las

O trem, chamado de B.B Base – Boso Bicycle Base – permite aos passageiros trazerem suas bicicletas a bordo sem ter que desmontá-las ou dobrá-las. Cerca de 70 ciclistas usaram o serviço no sábado.

Partindo da estação Ryogoku da JR, no distrito de Sumida (Tóquio), o trem de seis vagões, com um total de 99 assentos, fará uma viagem de ida e volta todo sábado e domingo. O trem percorrerá em uma das quatro linhas, Uchibo, Sotobo, Narita e Sobu, todo final de semana.

A JR East iniciou as operações do trem exclusivo em resposta aos pedidos de ciclistas.

A empresa ferroviária remodelou um trem convencional para o novo serviço, que incluiu a instalação de uma estrutura atrás dos assentos para que os passageiros acomodem suas bicicletas.
Fonte: Portal Mie com Asahi

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Rachadura se torna 1º incidente grave em trem-bala em 50 anos

A rachadura foi encontrada no chassi de um trem em movimento no Japão no dia 11 de dezembro

Trem-bala no Japão
A descoberta de uma rachadura de 16 centímetros em trem-bala japonês em movimento, que poderia ter causado um acidente, se transformou no primeiro incidente grave desde que este transporte começou a operar há mais de 50 anos.

A rachadura foi encontrada no chassi de um trem em movimento no dia 11 de dezembro, confirmou nesta quarta-feira à Agência Efe um porta-voz da companhia ferroviária que opera o serviço, a West Japan Railway (JR West), que explicou que 80 vagões já foram revisados e que apenas um apresentou problemas.

Segundo o Ministério de Transporte japonês, este é o primeiro “incidente grave” que afeta o sistema de trem de alta velocidade japonês e poderia ter ocasionado um descarrilamento.

A rachadura encontrava-se no marco de aço que sustentava o conjunto de rodas do modelo Nozomi 34 que fazia a rota entre Hakata (sul) e Tóquio. Estava a ponto de romper-se, razão pela qual, se o trem tivesse continuado em movimento, teria ocasionado um acidente sério.

O modelo Nozomi tem capacidade para mais de 1.300 passageiros.

O trem-bala teve de ser parado na estação de Nagoya, a 350 quilômetros do seu destino final, após circular durante mais de três horas com cheiro e barulho anormais.

“O incidente é inaceitável e estamos conscientes de que se trata de um caso grave”, disse hoje o presidente da JR West, Tatsuo Kijima, em entrevista coletiva.

Kijima lamentou que o trem não tenha sido parado “imediatamente depois de notar as irregularidades” e garantiu que os detalhes do incidente estão sendo investigados para evitar que se repita.

A segurança se transformou em uma prioridade para a companhia ferroviária depois que o descarrilamento de um trem em 2005 causou a morte de 106 passageiros e do condutor na província de Hyogo.
Fonte: Exame com EFE

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Estrangeira presa por tentar usar Japan Rail Pass falsificado

A polícia anunciou a prisão de uma estrangeira sob suspeita de fraude do passe livre da JR para os turistas do exterior

 Japan Rail Pass
Nesta terça-feira (12), o Departamento de Polícia Metropolitana, através da Delegacia de Takanawa, anunciou a prisão de uma mulher estrangeira pela suspeita de fraude, uma falsificação do Japan Rail Pass.

Segundo a informação, por volta das 11h30 de domingo (10) a mulher tentou se passar por turista, na estação da JR de Shinagawa, na capital japonesa. Passou pelo guichê da estação mostrando o Japan Rail Pass, com a intenção de tomar o shinkansen.

O funcionário da JR notou algo errado. Era a tonalidade do cartão de passe livre para os turistas estrangeiros. Ao conferir, viu que parecia ser reprodução em copiadora.

Chamou a polícia e a mulher foi presa sob suspeita de fraude. Foi identificada como Cullen Sattler, 35, de nacionalidade australiana, professora de inglês e residente em Tóquio.

A estrangeira confirmou o ato “falsifiquei para tentar usar”.
Fonte: Portal Mie com Sankei News e Yomiuri

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Vagões de shinkansen terão wi-fi gratuito

O novo serviço abrangerá as linhas Tohoku, Joetsu, Hokuriku e Akita Shinkansen em breve
JR East
 Um serviço wi-fi gratuito será acessível nas linhas Tohoku, Joetsu, Hokuriku e Akita Shinkansen a partir do verão de 2018, anunciou a East Japan Railway (JR East) em 7 de novembro.

O novo serviço estará disponível em 958 vagões de shinkansen da JR East, o que é 80% do total, até o ano fiscal de 2019.

A West Japan Railway (JR West), que opera um trecho da linha Hokuriku Shinkansen, tem a intenção de fornecer um serviço similar.

A linha Tokaido Shinkansen, operada pela Central Japan Railway, atualmente oferece um serviço wi-fi gratuito para passageiros que firmaram contrato prévio com uma operadora de telecomunicação.

A JR East informou que fornecer o serviço sem tal contrato é o primeiro de seu tipo em linhas de shinkansen.

A empresa decidiu fazer isso porque pesquisas realizadas pela Agência de Turismo do Japão e outros mostraram que muitos visitantes estrangeiros se sentem incomodados pela falta de um serviço com wi-fi gratuito.

Visitantes estrangeiros e viajantes japoneses poderão usar o novo serviço após registrarem seus endereços de e-mail.

O serviço não está disponível quando o trem passar por alguns túneis ou áreas montanhosas e também podem falhar se uma grande quantidade de dados é enviada através dele, como quando assistir a um filme.
Fonte: Portal Mie com Asahi

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Novo modelo de trem-bala é revelado para a mídia

O novo modelo é mais amigável ao meio ambiente, consumindo 7% menos eletricidade em comparação ao modelo atual
novo shinkansen

A estrutura para a frente “encaixotada” do trem-bala e uma cabine de passageiros inteligente foram apresentadas aos representantes da mídia.

A principal característica é que a nova série N700S terá somente dois tipos de vagões – com exceção para os vagões frontal e final – porque os equipamentos inferiores foram otimizados. Em comparação, a atual geração, a série N700A tem seis variações.

A JR Tokai espera que um número menor de variações de vagões aumente as vendas do novo shinkansen para outras empresas ferroviárias no Japão e no exterior, visto que elas permitem disposições flexíveis, como um trem de oito vagões e um de 12, ao invés da atual formação de 16.

O novo trem vai estrear na linha Tokaido Shinkansen, que liga Tóquio a Osaka no ano fiscal de 2020, e a revelação do novo trem-bala ocorreu na fábrica da Nippon Sharyo Ltd em Toyokawa.

O vagão frontal do trem-bala N700S é mais angular em comparação ao do N700A. Isso reduz as oscilações horizontais que os passageiros sentem ao alterar o fluxo de ar.

O novo modelo é mais amigável ao meio ambiente, consumindo 7% menos eletricidade em comparação ao modelo atual quando ele corre a uma velocidade de 285km/h.

Se um freio de emergência for acionado na ocorrência de um grande terremoto, a série N700S interrompe a operação após viajar outros 2.800 metros, comparado a 3.000 metros estipulados para o modelo atual.

Fonte: Portal Mie com Asahi