quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Novos trens da linha Yamanote começam a operar no ano que vem

Os trens da linha YamanoteOs trens da linha Yamanote, uma das mais movimentadas de Tokyo, serão modificados pela primeira vez em 13 anos no próximo outono. Por fora, eles continuarão sendo verdes, mas o interior mudará significativamente. Uma das maiores mudanças anunciadas é a instalação de grandes monitores de LCD para substituir os anúncios de papel pendurados no teto.

Nos novos trens, três telas de LCD de 21 polegadas serão colocadas acima das janelas, dos dois lados, somando-se aos já existentes monitores de 15 polegadas posicionados acima das portas.

Neles, serão exibidos vídeos, notícias, imagens estáticas e comerciais de TV. De acordo com o operador da Companhia Ferroviária do Leste do Japão (JR East), as telas de LCD farão o vagão parecer maior.

yamanote2
Atualmente, os anúncios de papel representam mais de 80% de todos os anúncios, mas a expectativa é que essa estatística mude com os novos trens da Yamanote. “Os monitores de LCD podem transmitir vídeos e imagens, o que nos dá muito mais opções de exibição”, disse um funcionário da JR East.

Como a expectativa é que o novo trem torne-se o modelo mais utilizado durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio em 2020, eles estão sendo adaptados para melhor receber os turistas estrangeiros, cujo número deverá aumentar. Os trens terão mais espaço livre para que os passageiros possam trazer malas grandes e carrinhos de bebê a bordo.

A cor verde característica da linha Yamanote permanecerá na forma de linhas verticais nas portas, em vez das atuais linhas horizontais no corpo do trem.

A JR East realizará testes do novo modelo a partir da próxima primavera e os trens entrarão em funcionamento no outono. A expectativa é que todos os trens antigos da linha sejam substituídos dentro de quatro ou cinco anos.

Os trens serão chamados “E235 series” e a frente deles lembrará um smartphone. O lugar onde aparece o destino do trem aumentará e o texto será colorido.
Fonte: IPC Digital