sábado, 18 de outubro de 2014

Trem japonês com levitação magnética viajará a 480 km/h

Trem: linha com tecnologia magnética fará com que trens viagem a mais de 480 km/h
Um trem que será construído no Japão será o mais rápido do mundo. Nesta sexta-feira, o governo japonês deu autorização para que a Central Japan Railway construa a linha que ligará as cidades de Tóquio (a capital da país) com Nagoya. As informações são do Wall Street Journal.


O trem usará tecnologia de levitação por magnetismo. Grosso modo, imãs com a mesma polarização são instalados na linha e no trem. Isso causa repulsão por parte dos dois. A falta de atrito gerada por essa levitação permite que o trem se movimente de forma extremamente rápida.

De acordo com a empresa, o novo transporte deverá viajar a mais de 480 km/h. Com isso, ele será o mais veloz do planeta. A linha construída terá extensão de 286 km. O tempo total de viagem estimado será de apenas 40 minutos. Esse tempo é menos da metade do atual, que é de uma hora e 40 minutos.

O preço estimado pela Japan Railway é de 52 bilhões de dólares para a construção. Ainda existe a probabilidade de estender o projeto até a cidade de Osaka – o valor total para esse trajeto maior fica em 84 bilhões de dólares.

A expectativa é que a construção da linha seja iniciada no ano que vem. A previsão é que ele fique pronto até 2027. A extensão até Osaka tem como previsão o ano de 2045.
Veja um mapa com o trajeto aproximado que o trem fará entre as duas cidades:


Tecnologia
Uma tecnologia de levitação do mesmo tipo já é usada na China. Uma linha dentro da cidade de Xangai já usa o mesmo tipo de levitação.

A linha japonesa, no entanto, será a primeira a aplicar a tecnologia em uma viagem entre dois municípios diferentes.

O Japão se ofereceu para levar a mesma tecnologia aos Estados Unidos, com uma linha ligando Washington a Nova York. O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, afirmou que o Japão ajudaria os EUA a financiar a obra.
Fonte: Exame